Monthly Archives: April 2017

Ponto de bala

Sim. É isso. E ponto. Era exatamente. Um ponto. Um final. Ponto. Ponto é morte. Morte é liberdade. Ponto é ponte pra vida que quiser. Quando quiser. Depois do click. Do grito. Do não. Meu ponto é bala que encaixa no … Continue reading

Posted in Uncategorized | Leave a comment

Um sim,

Ideia sem fim murmura no ouvido o tudo o todos palpita no peito sem respiro voz que julgarais de dentro e por fora o comando que, uma hora, explode

Posted in Uncategorized | Leave a comment

No guardanapo

Escrevi no guardanapo uma teoria uma psicografia um poema visceral   Escrevi no guardanapo a sua biografia até pornografia e um desenho autoral   Escrevi no guardanapo um verso rimado um samba compassado um salmo para crer   Escrevi no … Continue reading

Posted in Uncategorized | Leave a comment