eu odeio poemas

odeio

odeio porque quando olho pra eles

olho pra mim

olho praquela que acordou

no meio da noite

enjoada de sentir

e precisou vomitar

cuspir com palavras

o que não cabia mais no peito

e nem se encaixava na língua

 

odeio porque o poema me mostra

com o coração

o que não dá pra entender com a cabeça

ou pra botar culpa na infância

nas sobras da mãe

ou na falta do tempo

no poema

é só aquela sem desculpa

e com excesso de culpa

 

é mais fácil subir no Palco

cantar outra dor

contar piada do pato, de pinto

brincar de tinder

falar de política

ler um romance meio infantil

mas escrever poema

poema

eu odeio poema

Advertisements
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s